segunda-feira, 5 de abril de 2010

Jorge Furtado | Lisbela e o Prisioneiro

paralelo entre vida real e ficção

Assim como o primeiro filme analisado(Saneamento Básico, Lisbela e o Prisioneiro possui uma ligação muito forte do cinema dentro do próprio cinema.
A arte cinematográfica é ponte entre o mundo ficcional e o mundo real. A arte imita a vida e a vida imita a arte essa teoria se comprova ao observar a personagem de Débora Falabella que usa os filmes que assiste para a construção de sua própria identidade, e sonha com um final feliz como os de filme de amor para a sua vida.

Situações similares a essa é comum principalmente entre adolescentes sonhadores e até mesmo em adultos insatisfeitos muitas vezes com a própria realidade. Como recebemos diariamente fortes influências externas (tv, rádio, jornal, novelas, revistas....), muitas vezes projetamos certas situações em nossa realidade sonhando acordado.

Assim como nos filmes na vida também sempre há um protagonista, no caso o protagonista da sua vida é você mesmo, assim como o diretor, o roteiro está em suas mão e você tem o poder de adapta-lo como bem entender, você também é o figurinista, e todas as demais profissões ligadas a sétima arte.
Flávia Abreu






Lisbela está noiva e de casamento marcado, quando Leléu chega à cidade. O casal se encanta e passa a viver uma história cheia de personagens tirados do cenário nordestino: Inaura, uma mulher casada e sedutora (Virginia Cavendish, de O Cravo e a Rosa , Dona Flor e seus Dois Maridos e O Auto da Compadecida) que tenta atrair o herói; um marido valentão e "matador", Frederico Evandro (Marco Nanini, de Carlota Joaquina, Princesa do Brazil e O Auto da Compadecida); um pai severo e chefe de polícia, Tenente Guedes (André Mattos, de Como Nascem os Anjos); um pernambucano com sotaque carioca e gírias paulistas, Douglas (Bruno Garcia, de Os Maias e O Quinto dos Infernos), visto sob o prisma do humor regional; e um "cabo de destacamento", Cabo Citonho (Tadeu Mello, da trilogia A era do gelo , Xuxa e os Duendes e Didi, O Cupido Trapalhão), que é suficientemente astuto para satisfazer os seus apetites.
Lisbela e Leléu vão sofrer pressões da família, do meio social e também com as suas próprias dúvidas e hesitações. Mas, em uma reviravolta final, cheia de bravura e humor, eles seguem seus destinos. Como a própria Lisbela diz, a graça não é saber o que acontece. É saber como acontece e quando acontece.


Débora Falabella - Lisbela de Nogueira e Lima
Selton Mello - Leléu Antônio da Anunciação
Virginia Cavendish - Inaura
Bruno Garcia - Douglas
Marco Nanini - Frederico Evandro
André Mattos - Tenente Guedes de Nogueira e Lima
Tadeu Mello - Cabo Citonho
Lívia Falcão - Francisquinha
Paula Lavigne - Sumara / Monga, a Mulher Gorila
Heloísa Périssé - Prazeres
Aramis Trindade - Juiz
Carlos Casagrande - Steve
Michelle Birkheuer - Marion

Prêmios e indicações

Recebeu dois prêmios no Grande Prêmio Cinema Brasil: melhor ator (Selton Mello) e melhor trilha sonora (André Moraes).
Teve ainda dez indicações de melhor filme, melhor diretor, melhor ator coadjuvante (Bruno Garcia e Tadeu Mello), melhor atriz coadjuvante (Virginia Cavendish), melhor roteiro adaptado, melhor figurino, melhor maquiagem, melhor montagem e melhor som.


Lisbela e o prisioneiro foi o primeiro longa-metragem do diretor Guel Arraes feito especificamente para o cinema. Seus filmes anteriores, O Auto da Compadecida e Caramuru - A Invenção do Brasil, eram adaptações de minisséries exibidas pela Rede Globo.
Uma lata com negativos originais do filme foi perdida no laboratório Mega Color, forçando que o diretor Guel Arraes rodasse novamente as cenas que ali estavam.
Foi o sétimo filme mais visto em 2003 no Brasil, tendo levado 3.146.461 pessoas aos cinemas.
A banda Os Condenados, que executa a canção Para o Diabo os Conselhos de Vocês (antigo sucesso do cantor Paulo Sérgio), é uma banda fictícia criada especialmente para o filme e liderada por Clarice Falcão, filha do produtor musical do filme, João Falcão. A banda ainda conta com os músicos João Victor (baixo elétrico), Marcelo (guitarra) e Fonseca (bateria).

* Informações tiradas da wikipedia

video

trailer
http://www.youtube.com/watch?v=YVA3UoZM0zU

Nenhum comentário:

Postar um comentário